Social Icons

sábado, 4 de agosto de 2012

Extinção de dinossauros foi súbita, reforça novo estudo


Estudiosos analisaram fósseis e entenderam que fato ocorreu de forma repentina
Pesquisa realizada recentemente alega que os dinossauros entraram em extinção depois de um impacto de um asteroide sobre a Terra. Esse é o resultado da análise feita em fósseis de dinossauros encontrados nas montanhas dos Pirineus, na fronteira entre França e Espanha.

O estudo publicado na revista científica Paleo 3 foi feito por especialistas espanhóis da Universidade de Zarogoza e da Universidade Autônoma de Barcelona, junto com cientistas franceses e italianos. Eles analisaram fósseis do fêmur de saurópodes, dinossauros herbívoros de cauda e pescoço longos que andavam sobre as quatro patas.

A extinção dessa espécie teria acontecido no fim do período Cretáceo, há 65 milhões de anos. O que tornou essa pesquisa mais exaustiva já que há poucos lugares do mundo com registro de fóssil de dinossauros que viveram nessa época.

O que os estudiosos puderam perceber com as análises feitas foi que os saurópodes mantiveram sua diversidade até a extinção, o que indica que ela ocorreu de forma repentina e não gradual. Mas para o professor e jornalista Michelson Borges, autor do site Criacionismo, o desaparecimento dos dinossauros já foi muitas vezes apontado como morte por afogamento. Sobre esse caso em específico, ele que é mestre em teologia, nota que o local onde os fósseis foram encontrados era um arquipélago, logo estavam relacionados com água.

“O fato é que a teoria do asteroide até hoje é bastante controvertida e não há unanimidade sobre o assunto. Mas uma coisa parece estar se tornando consenso: os dinossauros morreram repentinamente, numa grande catástrofe capaz de soterrá-los instantaneamente”, diz Borges.

O professor também nota que a catástrofe não só soterrou os dinossauros como também impediu a ação de carniceiros e decompositores, sugerindo que a extinção dos dinossauros aconteceu, na realidade, durante o dilúvio.

0 comentários:

Postar um comentário